Dica, Livros

[Resenha] Livro: A Pulseira de Cleópatra

Olá pessoal tudo bem com vocês? Espero que esteja tudo ótimo!

Hoje vim falar sobre mais um livro para vocês ❤

A Pulseira de Cleópatra, é um romance mediúnico, que conta a história de Thilbor Sarasete, que logo no nascimento já foi rodeado por mistérios.

Era filho de Dhara, uma moça muito admirável e formosa, que vivia um triângulo amoroso entre Guilherme e Hamendra, este era da nobreza e casado, já com dois filhos e o terceiro à caminho. Guilherme era loucamente apaixonado por Dhara, porém ela escolheu Hamendra, que a iludia dizendo que se separaria da esposa e ficariam juntos. No entanto, ela era pobre e por isso, Hamendra não pretendia misturar as castas, até porque, não era uma coisa a qual ele pudesse fazer sem sofrer pesadas consequências.

Pobre Dhara movida pela ilusão, saiu de casa deixando sua família para viver numa pensão, onde recebia as visitas de Hamendra, que com o decorrer dos dias foram ficando cada vez mais escassas. Descobriu que estava grávida mas, era tarde pois, Hamendra havia deixado de visitá-la já fazia algum tempo. Apesar de tudo, Guilherme continuava sendo seu amigo e encontrou-a em um casebre abandonado exatamente no dia de seu parto, sofrendo as dores do mesmo.

Guilherme queria ajudá-la mas, tudo que Dhara desejava era  ver seu amado. Mesmo se sentindo magoado, Guilherme foi buscá-lo em seu castelo. Quando regressaram ao casebre onde ela estava dando a luz, já era tarde, pois Dhara estava em seus últimos instantes de vida, o parto foi complicado e ali mesmo morreu. Guilherme revoltado, pegou o bebê e o empurrou nos braços de Hamendra, que saiu desesperado em meio à chuva com a criança, também morta nos seus braços. Sem coração, como era, Hamendra abandonou-o em cima de um monte de terra mas, um raio atingiu o peito do pequenino e escutando o choro do bebê, ele voltou sem entender a si mesmo, para buscá-lo.

No entanto, foi a casa de seus empregados Boris e Marfa, e deixou o nenê sob seus cuidados, pedindo para nunca darem noticias da criança a ele, pois não queria escutar falar do filho.

Ao bebê foi dado o nome de Thibor Sarasete, que ao crescer virou um feiticeiro temido por todos a sua volta, entretanto, a história não acaba por aí, porque no decorrer de tudo novos personagens surgirão, mexendo com o coração e a razão desse feiticeiro.

Este é um livro envolvente, com uma história que te faz não querer desgrudar dele. Descreve a verdadeira  batalha entre o bem e o mal que existe dentro de nós mesmos. Mostra que o mal pode até parecer estar imune por algum tempo mas, na hora exata o jogo vira  e o bem impera novamente, colocando cada coisa no seu devido lugar. Tudo tem um por quê e as providencias divinas não falham, na hora certa e do jeito certo, o que foi escrito por Deus acontece.

A pulseira de Cleópatra

Gostaram? Me contem nos comentários, vou adorar ler cada um ❤

Curtam Elis Cecilia Blog no Facebook e me sigam também no Instagram @elis_cecilia

Bjin e até a Próxima! ❤

6 comentários em “[Resenha] Livro: A Pulseira de Cleópatra”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s